Alô MEI!

 In Empresarial

Em Janeiro deste ano entraram em vigor as novas regras para cobrança de ICMS sobre comércio eletrônico (e-commerce). De acordo com as alterações, os impostos estaduais das mercadorias compradas pela internet passam a ser repartidos entre os estados de origem e de destino do bem. Se para o consumidor nada muda, para os pequenos empresários a burocracia será grande e poderá, em breve, acarretar a paralisação das atividades de muitas delas.
Enquanto as grandes empresas conseguem se adaptar por terem muitos funcionários da área administrativa, as micro e pequenas empresas estão com enormes dificuldades para cadastrarem-se em até 27 secretarias de fazenda distintas. Na mais recente reunião do CONFAZ, surgiu a informação de que a nova medida vem fechando uma empresa por minuto.

Recent Posts

Leave a Comment

Start typing and press Enter to search